quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Olhando de cá



Estou cada vez mais espectadora e menos participativa do Natal.
 Foi se o tempo em que enxergava o velho Noel e sua roupa colorida no vitraux do lado da porta da minha casa de infância.  Juro que eu via o vermelho de tanto olhar para lá...Eta mente infantil fértil!
O resgate deste espírito natalino retorna com o ofício materno e os encantamentos dos nossos pequenos e eles crescem e volta a ser mais um Natal em nossas vidas, mesmo com todos os preparativos e emoção de sempre.
Contudo a importância de mais um ano chegando e os projetos e expectativas para o que vem se tornou mais desejoso.
Será que toda esta ansiedade é porque com o passar dos anos temos uma urgência maior (ou pressa inconsciente)  em realizar  nossas metas e futuras realizações?


segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Conservas

A dificuldade em nos depararmos com o passado encontra-se na ausência do que fomos com o desejo de permanecermos intactos misturados com os mitos criados e que permanecem em nós enlatados num vidro em conserva, marinado no formol.