sábado, 20 de fevereiro de 2010

Comida estragada


A quem interessar possa
A conversa, no meio do jantar, me fez mal. Comi cru. E pensar, que amo comida japonesa!
A digestão se tornou pesada neste corpo. Digamos que fiquei com a espinha do peixe entalada no pescoço.
Meu metabolismo expulsa vagarosamente as toxinas da nossa conversa. Sendo assim me sinto com liberdade para absorver e deglutir os efeitos residuais da sua maléfica fala.
Só lamento que você não perceba a inveja por trás de todo aquele discurso.
Transferir responsabilidade para os outros é cômodo. Não arranha o nosso mundinho particular. Por breves momentos, logo logo a realidade vai te abraçar de surpresa. Não existe tempo que demore a sinalizar o que está fora de sintonia.
O problema está em ti e nas tuas frustrações, me isento de qualquer participação. Me dou o direito de não pegar pra mim.
Este fardo só você merece carregar. Use a vontade.
Obrigada por me oferecer.
Desculpa por não aceitá-lo.
Rezarei, um dia, por você. Para que a lucidez tome conta deste corpo.
E que venha jantares mais saborosos!

11 comentários:

Dr. do absurdo disse...

Vixi, má digestão assim é fogo, não passa com antiácido. Aliás, nesses casos aí, quanto mais ácido melhor, assim você vomita tudo, a espinha do peixe, inclusive.

Não deixa nada aí dentro.


Beijos!

VaneZa disse...

Meu organismo expulsa com muita facilidade alimentos nocivos. Principalmente os que eu sou alérgica. kkkkkkkkkkkkkkkkkk
Era bom que ele (o meu organismo) expulsasse TODO o tipo de "alimento" imprestável.

Elaine Crespo disse...

Carol!
Bom dia

Adoro tuas postagens são de uma sutileza e ironia ao mesmo tempo. Isto se chama jogo de cintura!!

Quando crescer quero escrever igual a você!(risos)

Belo Domingo!!

Beijos
Elaine

Debor@h disse...

Carol amiga,

Ihh me deu indigestão hahahah
Expulsa tudo que te faz mal, senão essa comida pode te fazer ficar doente e o caso piora. Bjs

Ana disse...

nossa que péssimo!!! ainda bem que companhia é como comida: se não agrada a gente afasta e pronto, rs
adoro seus textos.
beijos

Vivi Rosada disse...

certinha...
pena q as vezes nos deixamos contaminar....mas nada q um bom e forte antiacido na cure...kkkkk

melhores menus...rs e cias...rs

beijinhossss vivi

.ailton. disse...

algo ocorreu q eu nao entendi.

Mary disse...

Como dizem na nossa terrinha: "Quem corre porque quer, não cansa!"
Então... cada uma com sua indigestão. A tua é por estar revolstada com a situação. A da pessoa, provavelmente será quando se der conta das proporções da situação.

Beijos meus. =)


PS: O Dr. do Abrsurdo é uma FARSA!
Me add no msn que eu te falo os detalhes sórdidos.
(maryfantinel@hotmail.com)
Beijos meus.

ana wants revenge disse...

Excelente, sarcasmo rulesssss.
:)
Beijocas
.
.
.

Denise do Egito disse...

Carol,
Costumo dizer que a vida um dia envia a fatura. Que é mais ou menos o que vc disse. Não importa o quanto tentamos nos enganar, um dia a casa cai. Por isso, o melhor é sempre jogar limpo para si mesmo, encarar as dificuldades e ter a consciência leve como uma criança sorrindo.
Um beijo pra você

Natália disse...

Ultimamente tenho ouvido muitos discursos dirigidos a mim cheios de inveja, mesmo com toda a coisa ruim acontecendo em minha vida, complicado não?