domingo, 9 de março de 2014

No desespero se faz péssimos negócios

Ando um pouco chocada com algumas coisas:
desespero de alguns,solidão de outros e o que no meio dessas duas sensações as pessoas fazem com a sua vida.
Veja bem:
Cena 1: você está sozinho,querendo alguém, garimpa o facebook dos amigos em comum, vê uma foto no perfil de um amigo em comum, foto esta que 50% de chance é antiga, ou na pior das hipóteses é  fotoshopada e se "apaixona" por esta criatura na telinha de um monitor qualquer.
Cena 2: assustada a pessoa fotoshopada ou é outra carente no volume 11 ou começa a se sentir invadida, perseguida e pensando que na última das hipóteses o tal carente é uma mala sem rodinhas e sem marca que se na tal telinha já é assim, imagina ao vivo.
Eu acredito no interesse, numa fala de um comentário, nas suas postagens e até em fotos alteradas ou não. Claro que o conjunto de todos estes fatores pode aguçar a curiosidade de qualquer um, mas não passar a mandar mensagens in box a torto e a direito para alguém que você nem sabe como é no dia a dia. Segura a franja!
Estou exagerando ou a  vida, em tempos de grandes tecnologias e relações virtuais, se apresenta mesmo assim no mundo contemporâneo?


Um comentário:

Skyline Spirit disse...

pretty nice blog, following :)