sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Contra dados e fatos não há argumentos



Tirando a lógica e a matemática, a própria psicologia já baixou o decreto e entregou os pontos:

números ímpares não casam!

Definitivo e irrevogável.
Quer ver?

Três amigas. Um lado sempre se sente prejudicado, diminuído, desfavorecido. carente, sei lá.

Triângulos amorosos acabam em pizza ou coisa pior. Dois se amam, um é só tesão ou vive versa ou mescla tudo que dá um bom caldo.

Três colegas não combinam. Dois se afinam, um não se encaixa ou dois não prestam e trabalham da mesma forma ou vira tudo e começa de novo pra ver quem é o mocinho e quem é o vilão.

Três bichos na mesma casa não dá certo. Um sai no prejuízo entre tapas e carinhos.
Enfim, são só exemplos citados acima, tudo pode ser bem mais complexos do que é, afinal de perto ninguém é muito normal, né?

E fica cada vez mais certo o velho ditado:
Um é pouco
Dois é bom
Três é demais!


11 comentários:

jubliana. disse...

vAdoraria nesse momento ter tres empregos, 3 mil dolares na conta. tres viagens marcadas ou tres tortas de sabores diferentes para saborear!

que tal?
;))
vamos facilitar porque essa vida ta muito dificil. ahusahusa.

Loira e Morena disse...

kkkk, se isso acontece sempre eu nao sei, mas na minha amizade com a Loira, logo no começo da amizade, tinha mais uma amiga, mas nós fomos ficando mais proximas e hoje nao temos muito contato com essa menina, só ha vemos de vez em quando..rs

Beijaooo da Morena!

JAMINE BRUNO disse...

sobre o lance da amizade eu concordo...é isso mesmo...pra mim, nunca deu certo a 3! engraçado...4, 5 ok...mas 3 nao *R*R* bjos

Caroline Ribeiro disse...

Olá!

Muito bom texto. Bastante original.

Passa lá?
www.caroolribeiroo.blogspot.com

Beijão.

jessicadeverdade disse...

Pow, até uma semana a trás eu poderia dizer que três é par sim! Mas hj já vi que duas partes desse triangulo realmente são muito mais próximas e usamos a terceira parte e as vezes até queremos que a outra parte suma!

Pois é...três é demais!

Flávia e Kbça disse...

então. com certeza três é demais!! lá em casa eram dois, chegou a peteka, a casa virou zona. nos meus pais, apareceu um. para ele não ficar sozinho. veio uma. o "um" e a "uma" se pegaram, surgiu umazinha e agora são três. que doideira que ficou!!!

é três é demais.

abraço.

Heloísa disse...

Carolina,
Tenho a impressão de que só dá certo no caso de número de filhos. Se são dois, a ciumeira em relação à mãe é maior. Se são três, parece que fica mais fácil.
Mas é só impressão.
Beijos

Babi Mello disse...

Engraçadissímo, um é pouco, dois é bom e três é demais, mas de verdade tem coisas que três seriam ótimos.
Bj!

Pâmela disse...

Sim, sempre sobra um quando três se juntam. É um fato.
Beijos!

Valéria Martins disse...

É verdade, mas... Talvez.
Viajei ao Nordeste três anos seguidos, na época da faculdade, com duas amigas que eram unha e carne. Eu ficava meio "de fora", mas não esquentava. Hoje, uma delas sumiu no mundo e eu sou a ponte entre as duas.
As coisas mudam.
Beijos!

Bill Falcão disse...

Esse ditado é realmente antigo, Carol, mas nunca pensei profundamente nele! Reconheço, porém, que seu post esclarece bem essa situação.
Bjoooooooo!!!!!!!