sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Confissões de uma pós adolescente

Puxei este texto engraçado de um espaço muito legal, de uma pessoa que leio e também imagino ser bem bacana. Como a liberdade de expressão é fato e criativa resolvi fazer de conta que é uma entrevista comigo e fiz algumas intervenções cirúrgicas. Chega mais:

Reflexões perto dos 40

Você já não é mais tão jovem quanto imagina quando:


- Arranja um programa para os sábados pela manhã porque acha que é perda de tempo dormir até tarde;
Eu - AMO dormir até meio dia no sábado, mas confesso que adoro um passeio pela Feira ecológica do Brique da Redenção onde faço de conta que sou natureba, entre uma verdurinha e vááários pastéis integrais para engrenar um doce enorme pós almoço das 17h.

- Vai fazer um lanche no final da tarde no shopping e prefere ir ao Mc Café do que ao Mc Donald’s;
Eu - Ainda mais com os novos cafés que encontro por lá, mas ainda não dispensei o bom e velho BigMac.

- Ao olhar a barriga no espelho, descobre que seu umbigo não sorri mais. Pelo contrário, ele parece bem tristinho e deprimido;
Eu – Reflexões tipo vestibular, prefiro não comentar. Qual é a próxima pergunta?!

- Já não aceita mais convites para sair após dez da noite. Sair dia de semana, então, nem pensar;
Eu - Não dispenso as saidinhas de terça, quarta e quinta e se for em boa companhia de Amigos & Cia aí que não largo o osso! Eu, hein?

- Nomes como Amy Winehouse, Colbie Caillat e Rihanna soam como grego aos seus ouvidos (ainda bem que Madonna continua na moda);
Eu - Se você tiver filhos, agregados ou qualquer coisinha linda por perto que seja adolescente, pode ter certeza que você vai conhecer este povo aí de cima. Ah vai! E vamos combinar Amy
‘ Trash’ Winehouse é tuuudo de bom!

- Aceita que nunca vai aprender a falar inglês e resolve partir para outros projetos aparentemente possíveis;
Eu – Que nada, filha! Sou sedenta de conhecimento e esta fonte não vai secar.

- Nem tenta mais correr pra pegar o ônibus, porque sabe que não vai chegar a tempo e ainda vai colocar os bofes pra fora;
Eu - È vero, os bofes todos pra fora, ainda mais de salto alto e bico fino, benhê. Mas ainda tô achando que é por causa do bando de cigarros que catinguei por mais de 10 anos...

- Programa várias sessões de cinema para o final de semana e não vai em nenhuma. Fica em casa vendo TV (no máximo, um DVD);
Eu - Ainda curto ( muito) uma telona apesar de adorar um dvdezinho.

- Não faz mais festa de aniversário com lista de convidados;
Eu - Claro que faço! E sorrio o tempo todo, formando ruguinhas de felicidade por conseguir encher a mesa de amigos que ainda vale a pena estar do meu lado nesta caminhada.

- Prefere uma jantinha com os amigos a sair para dançar;
Eu - É verdade adoro um programinha aconchego só, mas dança ainda é um movimento libertador pra mim, solto os demônios enjaulados. Portanto que venha as festas!!!

- Fica pensando a quantas anda sua saúde e resolve fazer um check-up;
Eu - Nem me fala, filha! Depois dos 30 cada vez vou mais no médico. Jesus, me chicoteia!

- Suas noites deixam de ser um sono só e passam a ser intercaladas pela insônia ou mais curtas (vai dizer que você não anda acordando mais cedo?);
Eu - Não, sou do avesso. Qdo era adolescente gostava de dormir pouco pra não perder nada( criatura ansiosa euuu) agora curto mais as horas de sono.

- Sua barriga ganha vida própria e, além de crescer acima do desejado, começa a fazer barulhos estranhos como naquele comercial do Luftal;
Eu - Vamos pular esta parte?

- E, finalmente, quando você faz uma lista como esta e se dá conta que se encaixa em boa parte das categorias. ;-)

Mayday! Mayday! Fui salva! Fazendo os cálculos não me encaixo na maioria dos itens. Conclusão: ou sou um ET, ou não entreguei os pontos ou sou aquela população dos trintões que se salvaram da mesmice e daquela velha idéia de que 40 anos é ponto de partida para aposentadoria , ainda mais com toda esta cultura, atual, de longevidade que propagam por aí.
Bravo!!!

8 comentários:

ale disse...

Ha ha ha!! Adorei! E constatei que su praticamente uma adolescente! Thank god!

Pedro Lemos disse...

A verdade é que somos adolescentes pro que é bom e adultos pro que é ruim. Com efeito, você já não é tão jovem quanto imagina quando ... se vê obrigado a pagar imposto de renda.

:)

Tatah Marley's Confissões disse...

Adoreii!
O lance é que por mais que a idade chegue, nao devemos jamais deixar morrer nosso espirito jovem!
beeeijo

Tatah Marley's Confissões disse...

e a imagem é do google..
peguei por lah!
beeijo
é soh digitar 'distancia' acho..
x)

Bill Falcão disse...

Hehehe!!! O melhor é quando a gente responde NÃO às questões, mesmo já bem distante da adolescência hahaha!!!
Bjooooooooooo!!!

"... disse...

A-DO-RO muito ler seu BLOG! Divertidíssimo!
Tô nos quase 30 e com crise existencial, mas lendo seu post definitivamente terei 29 por mais uns bons 20 anos! hahaha
Bjokassss

Gis disse...

Bom, eu, como autora do texto, posso dizer que me encaixo em várias... rsrs Mas é que depende da interpretação. Eu também adoro uma telona, mas a questão é que hoje eu vou bem menos do que antes (me programo pra ir e acabo ficando em casa). Embora ainda curse inglês e queira aprender várias línguas, isso é só uma metáfora pra dizer que por mais que a gente tenha fome de aprendizado, tem coisas que a gente sabe que quando já chegou aos 40 é mais difícil de aprender do que quando tinha 15... ;-) De qq forma, tô com 39 e mudando completamente minha vida, indo morar em outro país. Acho que isso é sinal de que ainda estou bem viva e cheia de objetivos! Aidna bem! hehehe

Gis disse...

Ah, e obrigada por me achar bacana. rsrs Tbm te acho. ;-)