segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Encontro (des) marcado


Cena 1 – sexta feira encontro com amigos num boteco pra lá de bom. Cerveja gelada, acepipes e um bom samba de raiz. Programinha legal. Entre um som e uma multidão, você esbarra em alguém que não vê há séculos. A satisfação toma conta de ti, bate um papinho, trocam os celulares e marcam de se encontrar. Com certeza pra botar a conversa em dia, recuperar o tempo perdido.

Cena 2 – na cena final do filme Separados Pelo Casamento o casal se encontra depois de um certo tempo e entre a cautela, a hesitação e a alegria de se ver, combinam um bate papo num lugar qualquer para contar as novidades das suas vidas já não mais compartilhadas. Gosto deste filme porque ele mostra, pra mim, que a velha máxima ainda está em alta, aquilo que nos atrai no início é o que nos faz separar algum tempo depois, ou seja, sem afinidades nada vinga.Os opostos se atraem somente por um tempo. Mas voltando ao encontro marcado, vai rolar? Provavelmente não!

Porque será que temos este hábito de na falta do que falar ou por puro costume, na despedida, falamos esta frase carregada de esperança no ar ( para um dos lados ou nenhum quando a fazeção é geral). Sabendo de véspera que não vamos procurar a tal pessoa que hoje já não habita nosso mundinho. Porque?

Espera aí, claro que estou generalizando porque eu mesma já fiz o papel de várias maneiras: já combinei e liguei e deu super certo, já combinei e não tinha mais nada a ver, já falei e já ouvi que ligaria e não liguei ( não ligou) e sabia que jamais ligaria, já disse por dizer. Sem compromisso.

E você, já passou por isto? O encontro marcado foi, literalmente, palavras jogadas no ar?

15 comentários:

Pâmela disse...

Hum, isso acontece.
Acho que dizemos 'me liga' pra deixar a porta aberta, para não magoar o outro.
Vai que ele realmente quer conversar de novo?
Mas, muitas vezes, falamos por falta do que falar mesmo. Acho que pensamos que a história foi tão boa (ou não) que não devemos perder a compostura, devemos ser educados, sei lá.
Mas sempre sabemos que o encontro não vai rolar.
Mas é assim mesmo. As pessoas vêm e vão na nossa vida.

canseidexuxu disse...

Demais! Infelizmente acontece bastante das combinações ficarem no ar... Uma pena, porque a intenção é se encontrar mesmo! Acho que, por ser alguém que não faz parte do dia-a-dia, acabamos esquecendo fácil...

Beijos!
Xu

carolbiasucci disse...

as pessoas sempre querem que eu apareça em vários programinhas de sexta feira a noite, mas por motivos pessoais eu nunca posso ir..

nao sei se elas comparecem, mas eu fico feliz quando uma vez ou outra esse 'me liga' acaba dando certo.

jubliana. disse...

Já joguei vááárias vezes essa frase no ar. Já falei com intenções verdadeiras e não liguei.
Já liguei e não deu em nada e já marquei bons encontros depois do combinado.

Acho que é assim que funciona com todo mundo. Alguém tem que fazer o papel. Muitas vezes dá certo!

ale disse...

Já passei pelas duas situações: encontro que rola e encontro que não rola. Tudo depende de nós. Em geral esperar pelo outro não dá em nada. Mas também quando dá, é muito bom. Adoro gente de atitude!

Menina de óculos disse...

Comigo as coisas sempre funcionaram assim: quem foi embora, nunca mais voltou e morreu. Tudo simples !!!!!


Rs...

Drunken Alina disse...

É por isso que penso muio bem aqntes de marcar um encontro... pois gosto de cumprir com a palavra!

Beijos!!

Carina disse...

bah, com certeza sim, muito bom teu texto...

Pablo Lima disse...

tudo pode acontecer de várias e variadas formas; não há um padrão pra isto, apenas caminhos a serem escolhidos e seguidos.

Bill Falcão disse...

Sim, já foi, Carol! Tantas vezes. Num deles, há vários anos, ouvi um grupo de 5 ou 6 pessoas combinando um encontro naquele mesmo lugar, dali a 20 anos.
Bom, passei por lá um pouco depois da data. Do ano, porque, do dia, nem me lembrava. O lugar nem existia mais.
Bjoooooooooo!!!!!!!!

Talles Borges e Borges Moreira disse...

Nossa
Jah aconteceu comigo, isso eh a pior coisa, acredito que esse ME LIGa eh uma despedida de que realmente n ter uma outra vez, pq quando nos despedimos sem dizer essa maldita frase, realmente ligam ou ligamos e sempre tem uma proxima vez, enfim.

Respondendo ao meu post, haha eu gostaria de ler uma critia sua em relação as PATAS DE BODE!

Gis disse...

Carol, te indiquei pro Dardos. Tá lá na Caixa de Gis. Bjos!

Gata Borralheira disse...

Adorei seu blog...
Eu comecei meu blog há menos de um mês e estou viajando pela blogosfera procurando blogs interessantes e gostei muito do seu, parabéns!

Beijos!

Camila

Tatah Marley's Confissões disse...

Adorei..!
tudo mesmo neste post.. muitas vezes com frases como 'me liga' deixamos subtendido milhões de mensagens né.. cabe a pessoa ser inteligente pra pegar no ar!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
beijos!

Gis disse...

Carol, te respondi lá no blog. Guria, a história que citei no texto da coluna tem a ver com meu irmão. Na época em que ele estava com câncer, brigou com as pessoas mais próximas a ele e eu fui uma das mais atingidas (e sofri muito), pois éramos muito ligados. Guria, eu amei quando publicaste meu texto. Bjos!